7 exercícios para ganhar massa muscular

Treino

1. Levantamento de peso

Não é surpresa que o primeiro treino que vem à mente quando falamos sobre ganho muscular é justamente o levantamento de peso. Afinal, essa é uma ótima opção se o seu objetivo é ganhar massa muscular.

Você pode levantar pesos livres, como os halteres, ou usar aparelhos de musculação na academia. O mais importante é manter seu treino intenso, dentro dos seus limites para evitar qualquer tipo de lesão.

Conte sempre com a orientação e o acompanhamento de um professor de educação física. Isso te ajudará a manter um treino eficaz, além de proteger suas articulações.

Afinal, não há sensação melhor do que bater nossos próprios recordes pessoais, não é mesmo?!

2. Treinamento suspenso ou TRX

Você provavelmente já ouviu falar sobre o treinamento suspenso (também conhecido como TRX) ou já viu alguém praticando isso na academia. Trata-se de um exercício de resistência que usa justamente elementos de suspensão, como cordas ou tiras.

Esse tipo de treino ajuda a trabalhar a força, a resistência e a flexibilidade do core, o grupo de músculos que compõem o abdômen e dá sustentação à coluna.

Portanto, adicionar um elemento de suspensão pode tornar o exercício mais intenso. Já imaginou fazer uma simples flexão com esse desafio do equilíbrio?

Você pode começar o treinamento suspenso na academia ou em casa — mas, nesse caso, alguns equipamentos são necessários. Por isso, converse sempre com um especialista antes de iniciar qualquer exercício novo. Tá aí uma boa ideia para sair um pouco dos exercícios da academia.

3. Pilates

Quer uma opção que pode te ajudar a se desafiar um pouco mais e a relaxar a mente? O pilates é uma combinação de exercícios para o corpo e mente que trabalha todos os grupos musculares, com foco em força, controle muscular, postura, estabilidade central e respiração.

Talvez seja por isso que você já ouviu pessoas falando sobre pilates como um treino completo. Existem muitos vídeos online que podem ajudá-lo a começar, mas o ideal é que você procure um professor para aprender a forma correta dos movimentos.
Pode apostar: só de pensar em pilates, você já ficará mais preocupado com sua postura!

4. Funcional

Funcional é a nova palavra da moda entre os amantes de esportes. Essa é uma ótima maneira de começar a mexer o corpo, podendo ainda ganhar músculos. A modalidade utiliza movimentos comuns para ajudar a melhorar a flexibilidade, a força e o condicionamento físico — agachamentos e pulos são alguns exemplos.

Ficou interessado? Você pode encontrar aulas de funcional na academia mais próxima. Também dá para começar em casa, com o auxílio de aulas online.
Ah, a intensidade desse treinamento pode variar dependendo dos seus objetivos.

5. HIIT

O HIIT é uma sigla em inglês que significa Treino Intervalado de Alta Intensidade. Trata-se de um tipo de treino muito popular nos dias de hoje, que alterna períodos intensos de exercício com momentos curtos de descanso.

Justamente por ser muito intenso, as sessões de HIIT costumam ser breves, com duração de até 30 minutos. Se você tem uma agenda agitada, é uma boa opção para incluir na rotina.

Está pronto para suar? Então o HIIT é a sua escolha.

6. Natação

Nadar é uma atividade de baixo impacto que ajuda a melhorar a resistência cardiovascular e física. Afinal, se movimentar na piscina exige o trabalho de quase todos os grupos musculares, concorda?

Além disso, a água oferece resistência e, por isso, é um treino que ajuda na saúde cardiovascular e no aumento dos músculos do corpo todo.

Para obter os benefícios da natação, treine algumas vezes por semana e aperfeiçoe os diferentes movimentos para trabalhar as várias partes do seu corpo.

Ah, e se você quiser fazer amizade e criar laços, por que não experimentar um esporte coletivo, como o pólo aquático?

7. Boxe

Se a ideia é um treino que se concentre especificamente na parte superior do corpo, o boxe pode ser uma alternativa.

Importante dizer que você não precisa praticar boxe de forma competitiva se não estiver interessado em entrar no ringue! As aulas de boxe fornecem o treinamento que pode te ajudar a ganhar massa muscular.

Nós, apaixonados por esportes, muitas vezes desenvolvemos um lado competitivo, mesmo que seja apenas contra nós mesmos, para superar os próprios recordes.

O boxe é uma ótima pedida para se desafiar. Pronto para vestir as luvas?

Não esqueça da alimentação!

É claro que nenhum desses esportes vai favorecer o ganho de músculos do dia para a noite. Ganhar massa muscular significa ser consistente e regrado com os exercícios ao longo do tempo.

Outro ponto essencial é a alimentação, com o consumo de nutrientes que irão ajudar na recuperação e no ganho de massa muscular. É aí que entra seu plano nutricional.

Fornecer a quantidade certa de energia e nutrientes, como carboidratos e proteínas que ajudam na recuperação dos músculos após os exercícios físicos, é uma estratégia importante.

Quem também ama combinar YoPRO com frutas e sementes após um treino desafiador?

Ficou inspirado? Nós também! Sabemos o quanto você curte um novo desafio e gosta de aprender coisas novas. Se, no meio do caminho a gente ainda ganhar músculos, melhor ainda, não é mesmo?