Correr é bom para você? Benefícios da corrida

Bem-estar

Correr pode fazer muito bem para o corpo e para a mente. Dentre os benefícios, a prática da corrida pode ajudar a saúde do coração e dos dos pulmões, aumentar a força e a estabilidade das articulações, reduzir o risco de doenças crônicas e contribuir para prevenir sintomas de depressão, ansiedade e estresse [1].

Quantas vezes devo correr por semana?

Não é preciso muito. De acordo com uma publicação da Escola de Medicina de Harvard, uma corrida de baixa intensidade todos os dias, por 5 a 10 minutos, já pode trazer diversos benefícios à saúde [2].

Porém, sabemos que você quer superar seus limites e chegar o mais longe possível. Então, quantas vezes correr por semana?

Bom, a resposta depende dos seus objetivos e do seu nível de condicionamento físico. Via de regra, se a corrida fizer parte do seu treino de musculação, por exemplo, é possível correr sempre que for treinar, em baixa intensidade e por alguns minutos.

Por outro lado, se você é um maratonista e está habituado com a prática, pode adotá-la com mais intensidade de três a cinco vezes por semana. O importante é não perder o ritmo, mas permitir que o corpo descanse e respeitar os seus limites e a sua evolução gradativa.

É importante, também, consultar sempre um médico e um profissional da edução física. Eles te darão um direcionamento preciso a partir de suas características individuais e sua meta de treinamento.

Você deveria correr todos os dias?

A resposta para esta pergunta também depende dos seus objetivos. Você não precisa correr absolutamente todos os dias para obter os benefícios da corrida, segundo estudo publicado em 2017 [3].

A pesquisa mostra que correr de quatro a cinco vezes por semana já é suficiente. Além disso, precisamos ficar atentos aos limites do nosso corpo. Até porque a corrida de alta intensidade, se realizada com muita frequência, pode nos deixar mais suscetíveis a possíveis dores.

Por isso, é bom lembrar mais uma vez: vale sempre consultar um médico e um profissional de educação física antes de sair correndo por aí.

5 benefícios da corrida para a sua saúde

Correr é um exercício que trabalha os músculos da perna, ajuda na saúde do coração, na manutenção do peso e também na saúde mental. Veja, com detalhes, cinco benefícios da corrida para a saúde.

1. Correr pode ajudar a saúde cardiovascular

A corrida pode ajudar na saúde do coração, de acordo com estudo publicado em 2014 [4]. Funciona da seguinte forma: correr aumenta a velocidade da respiração e o ritmo cardíaco. Assim, os pulmões e o coração trabalham mais para fornecer o oxigênio adicional dos quais os músculos necessitam para trabalhar durante a atividade física.

Conforme sua aptidão física melhora, seu corpo se torna mais eficiente em levar oxigênio para a corrente sanguínea e transportá-lo para os músculos em atividade. Por isso, a corrida ajuda a manter o coração e o sistema circulatório saudáveis.

Praticar a corrida com regularidade ajuda a aprimorar a sua capacidade cardiorrespiratória, o que significa que com o tempo você provavelmente não sentirá cansaço ao correr [5].

2. Correr é um ótimo treino de pernas

A musculação não é a única atividade física que ajuda no fortalecimento dos membros inferiores. Correr também ajuda a fortalecer os músculos da perna, por conta do constante impacto do corpo no chão. Glúteos e quadris também se beneficiam da prática, especialmente se você treinar com constância.

3. Correr ajuda a fortalecer as articulações

Sabemos que muitos corredores se preocupam com a saúde de suas articulações, principalmente as do joelho. A boa notícia é que, dependendo da intensidade e frequência dos treinos, a corrida pode ser benéfica e auxiliar no fortalecimento das articulações [6].

Na verdade, ser sedentário apresenta mais riscos para a saúde das articulações do que correr com regularidade. Porém, é sempre importante prestar atenção aos seus próprios limites.

4. Correr pode ser uma forma de meditação

Pois é, você também pode aproveitar o momento da corrida para praticar a meditação. Meditar correndo pode ajudar a melhorar seu desempenho, principalmente em dias de pouco ânimo e disposição.

O objetivo de correr meditando é manter o foco e a concentração durante a prática. Para isso, você deve escolher no que focar: pode ser no movimento do seu abdômen durante a respiração, na sensação do ar passando pelo seu nariz enquanto inspira e expira ou até mesmo no ambiente, prestando atenção no que sente e experimenta durante a corrida.

Também dá para usar a meditação guiada. Coloque o fone de ouvido e corra enquanto ouve as instruções de meditação em podcasts ou aplicativos.

5. Correr ajuda a gastar energia

Também praticamos exercícios para manter a forma, e a corrida é uma ótima atividade nesse sentido: a prática exige que vários músculos do corpo trabalhem ao mesmo tempo, além de aumentar o gasto energético. Como a energia armazenada pelo corpo é medida em calorias, gastar energia é, consequentemente, gastar calorias [7].

De acordo com o Conselho Americano do Exercício [8], uma pessoa de 60 quilos queima cerca de 11,4 calorias por minuto enquanto corre. Então, se correr cerca de 10 minutos, queimará 114 calorias. Mas atenção: essa queima varia de acordo com a velocidade, o esforço e até mesmo o metabolismo de cada pessoa. Médicos e nutricionistas são profissionais que podem ajudar a calcular corretamente o gasto e o consumo de calorias.

Viu, só? Os benefícios da corrida são diversos, então pode ser uma boa ideia incluir a prática no seu treino. Se você pretende obter benefícios similares por meio de outras atividades, também vale a pena dar uma olhada nos exercícios aeróbicos, na natação e nos esportes em grupo.


Referências

1. National Health Service. Running. Disponível em:
https://www.nhsinform.scot/healthy-living/keeping-active/activities/running#:~:text=It%20can%20improve%20heart%20and,and%20simply%20improve%20your%20mood.

2. Harvard Health Publishing - Harvard Medical School. Running for Health: Even a little bit is good, but a little more is probably better. Disponível em: https://www.health.harvard.edu/blog/running-health-even-little-bit-good-little-probably-better-201407307310

3. Lee D, Russel R, Carl J et all. Leisure-Time Running Reduces All-Cause and Cardiovascular Mortality Risk. JAAC Journals. Vol. 64 No. 5. Disponível em:
https://www.jacc.org/doi/10.1016/j.jacc.2014.04.058?articleID=1891600&

4. Harvard Health Publishing - Harvard Medical School. Trello M. Run for your (long) life. 2017. Disponível em:
health.harvard.edu/blog/run-long-life-2017052411722


5. American Lung Association. Exercise and Lung Health. Disponível em:
https://www.lung.org/lung-health-diseases/wellness/exercise-and-lung-health#:~:text=How%20Does%20Exercise%20Strengthen%20the,your%20lungs%20and%20heart%20stronger.

6. J Orthop Sports Phys Ther 2017;47(6):391. doi:10.2519/jospt.2017.0505. Disponível em:
https://www.jospt.org/doi/10.2519/jospt.2017.0505

7. Hamner SR, Seth A, Delp SL. Muscle contributions to propulsion and support during running. J Biomech. 2010;43(14):2709-2716. doi:10.1016/j.jbiomech.2010.06.025. Disponível em:
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2973845/

8. American Council on Exercise. Calorie burners: activities that turn up the heat. Disponível em:
https://acewebcontent.azureedge.net/assets/education-resources/lifestyle/fitfacts/pdfs/fitfacts/itemid_2666.pdf

Veja mais